coding weekly #148

Newsletters - 26/Mai/2021 - por Campus Code
A sua newsletter da Campus Code • Edição 148 - Maio de 2021

Hey! Tudo bem?

No início da pandemia, trabalhar de casa para cumprir o isolamento social parecia uma situação temporária. A esta altura, o trabalho remoto já é uma realidade permanente para muitas empresas, que perceberam um bom custo-benefício desta modalidade. Mas muitos processos e dinâmicas da rotina em times ainda demandam adaptações e precisamos evoluir o entendimento das relações colaborativas a partir das novas formas de se comunicar. Por isso, o campuscoder Henrique Morato selecionou alguns artigos para te ajudar nessa tarefa.

Você também vê como identificar e remover código morto em uma aplicação Ruby on Rails legada, ideias para melhorar habilidades de desenvolvimento, a estrutura de dados por trás do Notion, como o Rails lida com ameaças de segurança de injeção e como funciona o UJS no Rails.

Boa leitura!

REMOTO E ASSÍNCRONO

Ilustração animada  de uma moça sentada à uma mesa, com um computador e um copo de café em sua frente. Atrás, se vê uma janela onde passam dia e noite repetidamente.
Ascenção do trabalho colaborativo assíncrono

Trabalho assíncrono tornou-se mais comum em decorrência do distanciamento social. Mas ele já existia muito antes disso, principalmente em empresas que adotam o trabalho remoto, com colaboração de pessoas espalhadas pelo mundo inteiro e, consequentemente, em fusos horários distintos. Neste artigo você pode ver algumas dicas de estratégias e ferramentas para melhorar o trabalho assíncrono no seu dia a dia.

Relatório sobre trabalho remoto 2021

O contexto atual de pandemia no mundo obrigou muitas empresas a mudarem seu formato de trabalho e isso acarretou em grandes mudanças no cenário do trabalho remoto. Neste relatório você vê um panorama geral das empresas e impressões de funcionários.

Como facilitar o processo de onboard de uma vaga remota

O processo de trazer a bordo da empresa uma nova pessoa para a equipe é desafiador e se torna ainda mais difícil quando o trabalho é remoto. Neste artigo você encontra algumas dicas bacanas para tornar esse processo menos doloroso e permitir que essa pessoa seja produtiva desde o primeiro dia.

CAMPUSCODERS INDICAM

Trecho do desenho
Como identificar e remover código morto

Código morto é um código que nunca é executado dentro do software. Ele pode estar presente de muitas maneiras, como linhas comentadas, funções que nunca são chamadas, etc. Esse tipo de código pode trazer complicações futuras e dificultar a manutenção da aplicação. Neste artigo você vai encontrar algumas dicas de como encontrar código morto e removê-lo de uma aplicação legada em Ruby on Rails. Dica da Claudia Capelini.

Melhorando habilidades de desenvolvimento

Quem trabalha com desenvolvimento de software está sempre buscando maneiras de melhorar o desempenho no dia a dia. Neste episódio de podcast são apresentados alguns dados interessantes sobre os hábitos de pessoas produtivas que trabalham com código e algumas ferramentas que podem ajudar a melhorar seu desempenho. Dica do Henrique Morato.

A estrutura de dados por trás do Notion

O Notion é uma ferramenta que vem se destacando na organização de projetos e a tecnologia por trás dela é interessante. Neste artigo o autor detalha como a aplicação foi organizada para permitir que toda a sua estrutura se baseie em blocos de informações que podem ser dinamicamente modificados. Dica do André Benjamim.

Como o Rails lida com ameaças de segurança de injeção

Uma das vantagens de utilizarmos frameworks de desenvolvimento é que eles ajudam a resolver problemas com pouco esforço. E com Rails não é diferente. Ele possui uma variedade de proteções contra ataques de injeção e neste artigo você pode ver mais como isso acontece. Dica do André Benjamim.

Como funciona o UJS no Rails

O Rails UJS (Unobtrusive JavaScript) é uma biblioteca JavaScript bastante utilizada que adiciona alguns helpers HTML à aplicação e, para ajudar a resolver possíveis problemas encontrados no uso, esse artigo explica seu funcionamento interno em detalhes. Dica do Henrique Morato.

Campus Code